Dec 10, 2007

The Monks - Black Monk Time






The Monks foi a banda que antecipou mais fielmente a sonoridade punk que dominaria o fim dos 70’s. Uma década antes, estes soldados americanos que cumpriam seus deveres na Alemanha desistiram de tocar o rock’n’roll similar ao de seus ídolos para se dedicarem à criação do seu próprio som, bastante único e controverso.

Gary Burger
(guitarra e vocais), Larry Clark (teclado e vocais), Dave Day (guitarra, banjo e vocais), Eddie Shaw (baixo e vocais) e Roger Johnston (bateria e vocais) injetaram primitivismo em um rock que começava a ter arranjos mais complexos pelas mãos de bandas como Pink Floyd, Yes e Jethro Tull, pioneiras do progressivo. O espírito proto-punk está presente em todos os níveis das composições. O ritmo é rápido e pesado, os acordes são simples e com poucas variações, como se todos os instrumentos tivessem se tornado instrumentos de percussão empenhados em imprimir uma batida tribal insistente. Os ácidos e roucos vocais de Gary nos surpreendem ao cantar letras curtas, diretas e agressivas, como em I Hate You, ou a faixa inaugural, Monk Time, ambas do disco disponível para download neste post.

A banda também era especialmente ousada visualmente. Todos os integrantes se apresentavam vestidos de batina e com o topo da cabeça raspada como monges franciscanos. Provavelmente por essa excentricidade e animosidade exageradas para a época, a banda não obteve muito sucesso fora do território alemão e durou apenas cerca de 2 anos. Gravaram um único álbum, Monk Black Time, de 66. Um álbum único, dos mais controversos e subestimados da década de 60. A versão disponível para download é a que foi lançada nos Estados Unidos em 97, e contém três faixas a mais do que o lançamento original: uma faixa ao vivo (Monk Chant) e outras duas retiradas de demos (I Hate You e Oh, How To Do Now).

The Monks - Black Monk Time
(released 1966)

01. Monk Time
02. Shut Up
03. Boys Are Boys And Girls Are Choice
04. Higgle-Dy-Piggle-Dy
05. I Hate You
06. Oh, How To Do Now
07. Complication
08. We do Wie Du
09. Drunken Maria
10. Love Came Tumblin' Down
11. Blast Off
12. That's My Girl
13. I Can't Get Over You
14. Cuckoo
15. Love Can Tame The Wild
16. He Went Down To The Sea
17. Monk Chant (Live-1966)
18. I Hate You (Demo-1965)
19. Oh, How To Do Now (Demo-1966)

Link para o download (65,8 MB):
http://www.4shared.com/file/105629928/730bb53c/The_Monks_-_Black_Monk_Time.html

Site oficial da banda: http://www.the-monks.com/

Nov 23, 2007

Blowfly - Oldies But Goodies





















Esse simpático camarada acima que atende pelo nome artístico de Blowfly faz versões sacanas, sujas, lascivas e patifes de grandes clássicos do rock'n'roll. Seu nome verdadeiro é Clarecence Reid e ele já escreveu músicas para bandas como KC & The Sunshine Band, entre outras.

Postarei hoje o incrível álbum Oldies But Goodies, que foi gravado em 1976.


Blowly - Oldies But Goodies

Intro
Suck Around The Clock
Without Your Pussy I Can't Live
All Fucked Up
Blue Balls
Silly Bitch
My Dick First Got Hard
Get A Blow Job
Fuck In Her Behind
10 Commandments Of Sex
I Smell You
In The Still
My Sex Life Was Through
You Could Fuck
Outro
Intro
Gonna Fuck Her
Suck My Dick
So Funky
Only Gets Hard For You
You're A Skinny Bitch
Whole Lotta Fuckin' Goin' On
Fuck Me
Big Dick Brown
Outro

Site Oficial:
http://www.blowflymusic.com/

Link na Wikipedia:
http://en.wikipedia.org/wiki/Blowfly_(artist)

Página no Myspace:
http://www.myspace.com/blowfly

Link para download do álbum (28,4 Mb):
http://www.4shared.com/file/105633066/add3af64/blowfly_-_oldies_but_goldies.html

Nov 14, 2007

The Delusionaires - Destination Poon



A melhor definição que posso fazer para essa banda é : rock instrumental sujo tocado e mal gravado numa boate de strip-tease imunda cheia de gordos bêbados vomitando no bar. Download recomendadíssimo!

Link para download do arquivo (55,9 MB):
http://www.4shared.com/file/105638035/9eac8d9a/The_Delusionaires_-_Destination_Poon.html

Confira aqui o horrendo site oficial da banda:
http://www.delusionaires.com

Página da banda no Myspace:
http://www.myspace.com/delusionaires


[Baixado do blog Nothing But Trash]

Nov 6, 2007

Sala Especial - Aventuras Estereofonicas



(Biografia retirada do site do selo musical Bizarre Records)

Trilhas sonoras de filmes italianos, pornôs light e filmes B dos anos 60, pornochanchadas, música de churrascaria, música de elevador, corridas automobilísticas dos anos 70, space age bachelor pad music, Roberto Carlos e Lafayette, acid jazz, rock de garagem, bossa nova, lounge, efeitos sonoros que eram modernos há 40 anos, Ennio Morricone, easy listening, Burt Bacharach, etc.
Notou um certo padrão estético? Todos esses elementos fazem parte do som do combo instrumental paulistano Sala Especial, liderado por André e Mauro Cunha acompanhados de Pedro Bizelli, Samuel Frade e Gustavo Detmmer.

Mais informações nesses sites:

All Brazilian Music
http://www.geocities.com/CollegePark/Hall/3340/sala.html

Sala Especial - Aventuras Estereofonicas


01 - Fogo
02 - Trash Sampa
03 - Bond Street
04 - Zucchero
05 - Phonorama
06 - Quando
07 - Soul Finger
08 - Ma Che Freddo Fa
09 - Green Onions
10 - Fim

Link para download do álbum (39,3 MB):
http://www.4shared.com/file/oqyaPhX1/Sala_Especial.html

Nov 4, 2007

The Chocolate Watchband - No Way Out



Ouvir o álbum de estréia da The Chocolate Watchband é se deparar com um daqueles sons mais agressivos e garageiros realizados na década de 60. Assim como Sonics, The Troggs, e tantas outras bandas norte-americanas escondidas em seus porões, a Chocolate é filha bastarda da invasão britânica, principalmente da mais diabólica banda dessa geração, os Rolling Stones. E isto fica evidente quando se escuta, neste álbum, os vocais de Dave Aguilar e o ritmo pulsante da sexta faixa, Are You Gonna Be There (At-The Love In), entre outras.

A banda teve uma duração muito curta e conturbada. As mudanças de integrantes eram constantes e a relação com o seu produtor Ed Cobb era problemática. Após o fim da banda, Ed chegou a lançar mais dois álbuns que ainda levavam o nome de Chocolate Watchband, mas que na verdade não tinham quase relação alguma com o grupo original. E assim também é grande parte desse álbum, No Way Out, de 1967, o “ano mundial” da psicodelia. Apenas Are You Gonna Be There, No Way Out, a versão de Come On de Chuck Berry e a psicodélica Gone and Passes By foram gravadas pelo grupo todo. Outras canções como a empolgante Let’s Talk About Girls, o R&B In The Midnight Hour, por exemplo, não foram gravadas com os vocais de Dave Aguilar, mas de um igualmente bom Don Bennet. As duas faixas instrumentais, The Dark Side of The Mushroom e Expo 2000, são pérolas, em algo parecidas com um “ennio moricone on lsd”, e na verdade nada tem a ver com nenhum integrante da banda!

Ainda que estranho e fragmentado, o álbum é um registro histórico do que a invasão britânica provocou na mente dos jovens norte-americanos e como eles responderam maravilhosamente bem a ela. E, obviamente, uma ótima dose de garagem, psicodelia e proto-punk sem defeitos pra curtir.

The Chocolate Watchband - No Way Out
(released 1967)

1. Let's Talk About Girls
2. In the Midnight Hour
3. Come On
4. Dark Side Of The Mushroom
5. Hot Dusty Roads
6. Are You Gonna Be There (At The Love-In)
7. Gone and Passes By
8. No Way Out
9. Expo 2000
10. Gossamer Wings
11. In the Midnight Hour (previously unissued version)
12. Milk Cow Blues
13. Psychedelic Trip (previously unissued)

Link para fazer o download:
http://www.4shared.com/file/QvakJ3QZ/Chocolate_WatchBand_-_1967_-_N.html

Oct 21, 2007

13th Floor Elevators - The Psychedelic Sounds of 13th Floor Elevators



13th Floor Elevators
foi uma das melhores bandas de rock’n’roll sessentista dos Estados Unidos, mesmo que seu reconhecimento tenha sido, como ainda o é, muito relativo. O grupo é de Austin, Texas e surgiu em 1965. A formação original contava com o maluco Roky Erickson nos vocais e guitarras, Stacy Sutherland nas guitarras, John Ike Walton na bateria, Benny Thurman nos violinos e baixos e Tommy Hall nos efeitos sonoros.

Roky e Tommy se completavam. Juntos eram os maiores responsáveis pela fantástica excentricidade da banda, pioneira do psicodelismo. Tommy criou uma das grandes marcas da banda ao utilizar como instrumento um jarro amplificado que produzia um som muito diferente e marcante, facilmente percebido nas músicas. Também foi ele que apresentou as drogas ao resto da banda, sendo assim o gênio que possibilitou a criação das lisérgicas melodias do 13th, e também o culpado pelos inúmeros problemas legais e psicológicos (principalmente os de Roky) que fez a banda durar não mais do que três anos.

“The Psychedelic Sounds of 13th Floor Elevators” é o primeiro álbum da banda, de 1966. A gravação é bastante precária e garageira, mas isto acaba por tornar, em determinados momentos, o disco ainda mais interessante. A primeira faixa é o modesto hit da banda, You’re Gonna Miss Me, uma ótima canção, gritante e direta. Ainda se destacam as surf-rocks-psicodélicas Roller Coaster e Fire Engine, a balada Splash 1, a paranóica e delirante Reverberation, e a lenta intrigante Thru The Rhythm.

"The Psychedelics Sounds of 13th Floor Elevators"
(released 1966)

01. You’re Gonna Miss Me
02. Roller Coaster
03. Splash 1
04. Reverberation (Doubt)
05. Don’t Fall Down
06. Fire Engine
07. Thru The Rhythm
08. You Don’t Know (How Young You Are)
09. Kingdom Of Heaven
10. Monkey Island
11. Tried to Hide

Oct 9, 2007

The Vaselines - The Way of the Vaselines: A Complete History



Essa banda escocesa foi formada em 1986 por Eugene Kelly e Frances Mckee e contavam ainda com James Seenan no baixo e Charles Kelly (irmão de Eugene) na bateria.

The Way of the Vaselines: A Complete History

"Son of a Gun" – 3:46
"Rory Rides Me Raw" – 2:28
"You Think You're a Man" – 5:43
"Dying for It" – 2:22
"Molly's Lips" – 1:44
"Teenage Superstars" – 3:28
"Jesus Wants Me For A Sunbeam" – 3:31
"Sex Sux (Amen)" – 3:10
"Slushy" – 2:00
"Monsterpussy" – 1:43
"Bitch" – 2:42
"No Hope" – 3:21
"Oliver Twisted" – 2:49
"The Day I Was a Horse" – 1:29
"Dum-Dum" – 1:57
"Hairy" – 1:48
"Lovecraft" – 5:37
"Dying for It (The Blues)" – 3:09
"Let's Get Ugly" – 2:19

Para ler um texto bem completo sobre a banda, entre no link abaixo:
http://dyingdays.net/Vaselines/index.html

Página na Wikipedia:
http://en.wikipedia.org/wiki/The_Vaselines

Link para download do álbum (72 MB):
http://www.4shared.com/file/105653439/c8521bcc/The_Vaselines_-_The_Way_of_The_Vaselines_-_A_Complete_History.html